Postagem em destaque

Como iniciar a sua carreira de Segurança da Informação?

Planejamento para se tornar um Analista de Segurança da Informação. Monte o Seu. Após um pouco de pesquisa sobre o tema e conversad...

IBM investirá US$ 1 bi para ampliar esforços Linux na linha Power System

A fabricante afirma, ainda, que o investimento de 1 bilhão não significa o fim da linha Unix/ AIX Power Systems, que tem sido absolutamente importante para a companhia há anos

A IBM está aumentando seu compromisso com o Linux com investimento de 1 bilhão de dólares para alavancar a linha de servidores Power System no mundo de Big Data, cloud computing, análises e serviços de data centers dentro das corporações. A fabricante diz que o investimento se dará durante alguns anos para o desenvolvimento do Linux e outras tecnologias de código aberto. E a medida é bem-vinda, afirma os parceiros da Big Blue.

É um movimento inteligente para a IBM que permitirá a ela entrar mais profundamente nas estratégias centradas em Linux das corporações, disse Tom Hughes, diretor de alianças do grupo de soluções de tecnologia da Ciber. “Isto dá aos desenvolvedores um grande retorno a seus investimentos na tecnologia Power”, acrescenta.

As pessoas estão migrando do Unix devido ao custo, disse Jed Scaramella, gerente de pesquisas no grupo de servidores da IDC. Segundo ele, o movimento dá aos clientes uma alternativa à versão AIX de Unix da IBM.

“Conforme as pessoas miram soluções mais acessíveis, as ofertas de Linux se mostram tanto econômicas quanto flexíveis”, diz ele. Scaramella acrescenta que o sistema Linux é a escolha correta para provedores de infraestrutura e software como serviço, e a IBM acredita que os investimentos a tornaram atrativa.

A Big Blue está construindo um Power Systems Linux Center em Montpellier, França, onde criará uma nuvem para desenvolvimento para clientes que querem testar e criar aplicações em Linux de forma remota. O acesso ao centro será gratuito, diz a IBM.

A fabricante afirma, ainda, que o investimento de 1 bilhão não significa o fim da linha Unix/ AIX Power Systems, que tem sido absolutamente importante para a companhia há anos. Entretanto, a IBM estendeu sua estratégia Linux recentemente, apresentando o Linux Power System, racks Power 7 e servidores blade, além do servidor Power Linux 7R4 system.

Fonte: ITWEB