Postagem em destaque

Como iniciar a sua carreira de Segurança da Informação?

Planejamento para se tornar um Analista de Segurança da Informação. Monte o Seu. Após um pouco de pesquisa sobre o tema e conversad...

Cuidado! Mensagens de Natal podem conter vírus


No final do ano, muitas empresas começam a enviar mensagens a seus clientes desejando um feliz Natal. Enquanto isso, as lojas de comércio eletrônico criam promoções também com o tema do Natal. Por outro lado, os criminosos também não deixam a data passar em branco: os golpes natalinos – como os de outras datas festivas – são uma tradição e, no Brasil, o “presente” é normalmente um vírus capaz de roubar senhas de banco, milhas aéreas e contas de redes sociais.

Foi analisado alguns golpes – a maioria com circulação no Natal de 2010, e um já de 2011 – para mostrar algumas formas de uso da data para o crime virtual. Mas é importante ficar atento: os golpes podem tomar várias formas e com certeza não serão iguais aos do ano passado. Na dúvida, infelizmente, o melhor é não abrir as mensagens que chegarem.

Os criminosos fazem questão de usar marcas conhecidas em seus e-mails e não ficam tímidos na hora de prometer “presentes grandes”. Em um golpe que circulou durante o Natal de 2010, os criminosos prometeram um notebook.

Outra mensagem que circula durante o ano todo e que pode ganhar força nessa época traz o assunto de falsos telegramas dos Correios. A mensagem apenas pede que o internauta clique em um link para ler o telegrama. Quem fizer isso corre o risco de o computador infectado – imediatamente, se o sistema estiver desatualizado, ou mediante um download, caso o sistema esteja com as atualizações de segurança em dia.

Embora em alguns casos as mensagens façam grandes promessas para convencer as vítimas a acessar os links fornecidos, nem todos os golpes fazem tanto esforço. Esses e-mails ainda podem chegar de endereços conhecidos quando amigos seus forem infectados com vírus ou tiverem suas senhas roubadas de alguma forma. Aparentemente inofensivo e sem imagens, o texto despretensiosamente faz a vítima clicar. E o clique pode, mais uma vez, trazer um vírus.

A principal atitude é confirmar com os amigos quando receber um cartão ou mensagem. Faça isso por telefone ou mesmo pessoalmente quando houver a oportunidade.

No caso de promoções, os links em e-mail não devem ser acessados. Visite o site da loja manualmente, pesquisando o nome dela em um mecanismo de busca se você não souber o endereço. Não confie em endereços apresentados na mensagem. Se você não conhece a loja, ignore – na melhor das hipóteses, é spam (mensagem indesejada), o que você também quer evitar.

Infelizmente, a existência de golpes virtuais complica o recebimento das mensagens de Natal. Mas não se preocupe: de modo geral, não há problema em abrir as mensagens para leitura. O problema existe apenas quando você segue links nas mensagens. Ou seja, ainda dá para ler os e-mails que mandam para você.

Se você pensa em mandar uma mensagem de Natal para alguém, mande-a no corpo da mensagem. Evite anexos e links.

Além dessas dicas, vale outras recomendações: mantenha o sistema operacional atualizado com a opção do Windows Update no Painel de Controle e atente para alertas de atualizações disponíveis para seu navegador web e plug-ins. Instale o quanto antes essas atualizações, porque elas são essenciais para manter seu computador seguro.

Fonte: Globo.com