Postagem em destaque

Como iniciar a sua carreira de Segurança da Informação?

Planejamento para se tornar um Analista de Segurança da Informação. Monte o Seu. Após um pouco de pesquisa sobre o tema e conversad...

Aplicativo permite fazer denúncias anônimas de softwares piratas

A ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software) anuncia hoje o lançamento do aplicativo "Denuncie Pirataria" para que os consumidores apontem anonimamente as empresas que fazem uso de programas ilegais.

Disponível para Android, iOS e Windows Phone, a plataforma gratuita é uma extensão do site com o mesmo propósito que registrou no ano passado 31 mil denúncias envolvendo a comercialização, aquisição ou uso de softwares falsificados.

A ABES considera "alarmante" o índice de pirataria de software no Brasil. A cada 10 programas adquiridos ou baixados pela internet em território nacional, mais de 5 são obtidos ilegalmente, segundo a associação.


Um outro estudo feito pela entidade internacional BSA - Aliança de Software - prevê que se a taxa de pirataria diminuir 10 pontos percentuais (dos atuais 53% para 43%), R$ 6,4 bilhões seriam adicionados à economia local, 13 mil novos empregos seriam criados e aumentaria a receita da indústria local em mais de R$ 4,8 bilhões. 

Hoje, o portal mantido pela ABES conta com 11 fabricantes cadastrados no programa: Adobe, Audaces, Autodesk, Dassault, Microsoft, PLM, Progress, PTC, Siemens, Sybase, Symantec e Tekla. As denúncias são avaliadas e encaminhadas aos fabricantes para verificação de acordo com o seu processo interno. 

“O desrespeito à propriedade intelectual enfraquece o crescimento econômico e o desenvolvimento de empregos e novas tecnologias. Além disso, as empresas que utilizam software ilegal atuam com uma vantagem injusta em relação à concorrência. Esperamos que, com ajuda do aplicativo, o número de denúncias contra a pirataria de software triplique nos próximos meses, devido à mobilidade e à simplicidade do App”, comenta Jorge Sukarie, presidente da ABES.