Postagem em destaque

Como iniciar a sua carreira de Segurança da Informação?

Planejamento para se tornar um Analista de Segurança da Informação. Monte o Seu. Após um pouco de pesquisa sobre o tema e conversad...

Novos recursos no Ubuntu 12.04 'Precise Pangolin'


Primeira versão beta do sistema operacional livre já está disponível. Veja o que ele traz de novo para os usuários.

Os desenvolvedores da Canonical lançaram no último dia 02 de março o primeiro beta do Ubuntu 12.04 “Precise Pangolin”, a próxima versão de uma das distribuições Linux mais populares da atualidade.

Esta é uma versão particularmente importante pois leva a designação LTS (“Long Term Support”, Suporte a Longo Prazo), o que significa que será suportada (com atualizações para suporte a novo hardware e correção de bugs) por cinco anos, tanto na versão desktop quanto na versão servidor. Com as versões LTS a Canonical visa dar a empresas e fabricantes de PCs uma plataforma estável na qual basear suas soluções de hardware e software, sem que tenham que se preocupar em acompanhar o ciclo semestral de atualização do sistema operacional.

Entre as mudanças inclusas neste primeiro beta estão ajustes no sistema de gerenciamento de energia, o que permite uma economia considerável em algumas máquinas, e um novo tamanho para o disco de instalação, agora com 703 MB “para espremer cada bit de software possível dentro da imagem de disco”, disse Stewart.

Quem quiser experimentar o Ubuntu 12.04 Beta 1 já pode baixá-lo no site oficial do projeto. Lembrem-se de que esta é uma versão beta: o software ainda está em desenvolvimento, bugs são esperados e seu uso não é recomendado em máquinas "de produção", ou seja, aquelas das quais você depende no dia-a-dia. Aqui estão alguns de seus principais destaques.

1. Uma amostra do HUD
A nova interface “Heads Up Display” (HUD), anunciada por Mark Shuttleworth em Janeiro, faz sua estréia nesta versão beta. Chamada de “uma nova forma de buscar e acessar rapidamente qualquer aplicativo, menu ou indicador” a HUD substitui os tradicionais menus com comandos e pode ser acessada pressionando a tecla Alt e digitando uma descrição do que você quer fazer. O software irá retornar opções correspondentes, tanto exatos quanto “prováveis”, segundo a equipe do projeto. Segundo eles, o sistema também é capaz de aprender com as escolhas do usuário, e com o tempo retornar resultados cada vez mais precisos.

2. Ajustes no Unity
A interface Unity é controversa, e nesta nova versão o painel Aparência permite configurar mais facilmente algumas de suas propriedades. 

3. Suporte a ClickPads
O Ubuntu 12.04 inclui suporte a ClickPads, ou trackpads onde os “botões” são integrados à superfície sensível ao toque (como nos MacBook da Apple). A maioria dos ClickPads da Synaptics é reconhecida automaticamente nesta versão, bem como os trackpads dos MacBooks. Segundo a equipe de desenvolvedores a próxima versão terá suporte ao Magic Trackpad da Apple e a mais modelos da Synaptics.

4. Economia de energia
A tecnologia RC6, que permite que GPUs entrem em um estado de baixíssimo consumo de energia quando ociosas, está habilitada por padrão em máquinas com processadores da família Sandy Bridge, da Intel. O resultado pode ser uma redução entre 40 a 60% no consumo de energia quando a máquina está ociosa, dizem os desenvolvedores.

5. LibreOffice 3.5 e Rhythmbox
O Ubuntu 12.04 Beta 1 adota o Rhythmbox como player de música padrão e traz uma nova versão do pacote de escritório LibreOffice, a 3.5, pré-instalada.

6. Melhor suporte a idiomas
Quando os usuários instalam um novo programa usando a loja de aplicativos Ubuntu Software Center os pacotes correspondentes para suporte ao idioma em uso no sistema, incluindo traduções e módulos de correção ortográfica, também são instalados por padrão, eliminando a necessidade de fazer isso manualmente mais tarde.

7. Um novo Kernel
Por fim, um detalhe técnico: o Ubuntu 12.04 Beta 1 adota o kernel Linux 3.2.0-17.27, baseado na versão 3.2.6 “upstream” do kernel Linux estável.

Lançamento

O Ubuntu 12.04 “Precise Pangolin” deve ser lançado no dia 26 de Abril de 2012, e até lá teremos mais uma versão Beta, programada para 29 de Março. Quem instalar o sistema agora não precisará reinstalá-lo no próximo beta ou na versão final: basta fazer uma atualização online usando o utilitário Update Manager. Mais informações sobre a nova versão estão disponíveis no site oficial do sistema, em www.ubuntu.com.

Fonte: IDGNOW