Postagem em destaque

Como iniciar a sua carreira de Segurança da Informação?

Planejamento para se tornar um Analista de Segurança da Informação. Monte o Seu. Após um pouco de pesquisa sobre o tema e conversad...

Digitalização impulsiona tecnologias de segurança

Migração das empresas para mundo digital abre brechas para mais vulnerabilidade, com necessidade de ferramentas mais sofisticadas de proteção.

A crescente adoção das quatro mega tendências de Tecnologia da Informação (nuvem, big data, rede social e mobilidade) abrirão portas para novas vulnerabilidades e vão exigir maior investimento em ferramentas mais sofisticadas. A afirmação é do Gartner, que prevê que os gastos mundiais com segurança da informação chegarão a US$ 71,1 bilhões em 2014, com aumento de 7,9% em comparação com 2013. Desse montante, 18,9% serão destinados à prevenção de perda de dados.

Para 2015, os investimentos totais em segurança deverão registrar um incremento de 8,2% sobre os negócios de 2014, alcançando uma receita de US$ 76,9 bilhões, segundo estimativas do instituto de pesquisas.

Lawrence Pingree, diretor de pesquisas do Gartner, que esteve recentemente no Brasil, participando do Gartner Symposium/IT 2014, comentou que as megatendências criam novas oportunidades para as companhias melhorarem a eficácia e melhor entendimento das ameaças à segurança.


Entre as tendências de segurança da informação do Gartner, é a previsão de que até 2015, aproximadamente 10% das capacidades de produtos empresariais de segurança de TI serão entregues pela nuvem. No caso das pequenas e médias empresas (PMEs), esse índice subirá para 30% até o final do próximo ano.

De acordo com o Gartner, 30% dos produtos de proteção de infraestrutura serão comprados como parte de uma oferta privada, até final de 2015. A consultoria destaca procura maior por tecnologias altamente sofisticadas como plataformas de proteção de endpoint (EPP), gerenciamento de eventos e prevenção contra perdas de dados (DLP).

Como a sua empresa está se preparando para proteger os dados de negócios?